Fale com nosso Atendimento!

(81) 3132.5966 | (81) 3061.0818

Esqueceu a senha?

Detalhes sobre o lote

JEC. - Central Juizado Tarde.

cód.: 052/2015

Presencial

Descrição do Lote

AÇÃO - CUMPRIMENTO DE SENTENÇA PROCESSO: 0000544-15-2008-8-17-8002 / 0001985-65.2007.8.17.8002 / 0000154-16.2006.8.17.8002 - AT EXEQUENTE: Condomínio do Edifício Tacaruna Residence ADVOGADO: Marcus Vinícius Souza OABPE 9065 EXECUTADO: Abdenago Brasileiro Bezerra Filho ADVOGADOS: Vadson De Almeida Paula OABPE 22.405, Juliana Barroso de Moraes Bacalhau OABPE 21.619 e Uila Daiane de Oliveira OABPE 27.470 LOCAL: Átrio do Juizado Especial, Av. Marechal Mascarenhas de Morais, 1919, Imbiribeira, Recife-PE. Apartamento n 01 do Bloco C, da Rua Professor Dionízio Maciel Monteiro de n 268, em Peixinhos, Olinda-PE, denominado Edifício Taperoá, com área útil de 60,11, área comum de 13,37m² e área total de 73,48m², fração ideal de terreno 00,110 avos, constituída de sala, 02 quartos, 01 WC social, circulação, varanda, cozinha, área de serviço e wc de serviço, confrontando-se: pela frente com área externa de estacionamento para auto de passeio que irá separá-lo da Rua Dionízio Maciel Monteiro, lado direito com área externa do estacionamento para auto de passeio que irá separá-lo da Rua Caetes, fundos, área de circulação externa que o separa dos blocos E e F, denominada de Tucuruvi e Tambouque, lado esquerdo com área de lazer, composta de playground e caiçara. Matrícula 30584. 01 Ofício de Notas e Registro Geral de Imóveis de Imóveis de Olinda/PE. AVALIAÇÃO TOTAL: R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais). FIEL DEPOSITÁRIO: Abdenago Brasileiro Bezerra Filho OBSERVAÇÃO: Título aquisitivo promessa de compra e venda (fls 27) onde a promitente vendedora a Empresa Facil Lar de Investimentos e Incorporação Imobiliária Ltda e tem como promissário comprador o Sr. Abdenago Brasileiro Bezerra Filho. DICA: VINDO PELA AV. PRESIDENTE KENNEDY, SENTIDO CID/SUB ENTRAR AO LADO DO LOJÃO DO FRANGO MAIS, DEPOIS ENTRAR NA PRIMEIRA ESQUERDA. LEILOEIRO: Diogo Mattos Dias Martins – JUCEPE 381. Tel.: (0**81) 3061-0818 | 81 9699-6535 www.inovaleilao.com.br | diogo@inovaleilao.com.br CONDIÇÕES DA ARREMATAÇÃO: A arrematação será feita à vista pela melhor oferta. O valor do lanço vencedor poderá ser depositado em dinheiro ou em cheque em conta judicial, no prazo de 15 (quinze) dias contados da data da praça. Nesse caso, o arrematante, no ato da arrematação, a título de caução, deverá pagar a importância correspondente a 20% (vinte por cento) do valor do lanço. No caso de inadimplência do arrematante, submeter-se-á este às penalidades da Lei, que prevê, responsabilidade criminal e execução judicial contra o mesmo, além da perda do valor da Comissão do Leiloeiro (art. 39 do Decreto n.º 21.981/32)., Excetuados os casos previstos em Lei, não serão aceitas desistências dos arrematantes ou alegações de desconhecimento das cláusulas deste Edital para se eximirem das obrigações geradas, inclusive aquelas de ordem criminal, na forma do art. 358 do Código Penal (“Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena – detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência”). COMISSÃO DO LEILOEIRO: Em caso de arrematação, a comissão será de 5% sobre o valor da aquisição dos bens, a ser paga pelo arrematante. Havendo adjudicação, será de 2% sobre o valor do bem, a ser paga pelo adjudicante. Sobrevindo acordo, remição ou pagamento, será devida comissão de 2% sobre o valor da avaliação, do acordo ou do débito, o que for menor, a ser paga pelo executado. BENS: Todos os bens serão alienados no estado de conservação que se encontrarem, não cabendo à Justiça Estadual ou ao Leiloeiro quaisquer responsabilidades quanto a consertos e reparos, ou mesmo providências referentes à retirada, embalagens, impostos, encargos sociais. Sendo a arrematação judicial modo originário de aquisição de propriedade, não cabe alegação de evicção, sendo exclusiva atribuição dos licitantes/arrematantes verificarem o estado de conservação, situação de posse e especificações do(s) bem(ns) oferecido(s) na hasta pública. Qualquer dúvida e/ou divergência na identificação/ descrição do(s) bem(ns) deverá(ao) ser(em) dirimida(s) no ato da hasta pública.

Tempo para o Início do Leilão

0

Dias

0

Horas

00

Min

00

Seg

1º Leilão

Início do Leilão:
03 de Junho de 2015 - 16h00

Incremento:
R$ 0,00

Lance inicial em 1º Leilão:
R$ 167.225,33

2º Leilão

Início do Leilão:
17 de Junho de 2015 - 16h00

Incremento:
R$ 0,00

Lance Inicial:
R$ 83.612,67

Documentos

Informações

2499
0
625
R$ {M:VAL_AVALIACAO}

Último Lance

Detalhes sobre o lote

JEC. - Central Juizado Tarde.
Átrio do Juizado Especial, Av. Marechal Mascarenhas de Morais, 1919, Imbiribeira, Recife-PE. - RECIFE-PE

Forma de Pagamento

CONDIÇÕES DA ARREMATAÇÃO: A arrematação será feita à vista pela melhor oferta. O valor do lanço vencedor poderá ser depositado em dinheiro ou em cheque em conta judicial, no prazo de 15 (quinze) dias contados da data da praça. Nesse caso, o arrematante, no ato da arrematação, a título de caução, deverá pagar a importância correspondente a 20% (vinte por cento) do valor do lanço. No caso de inadimplência do arrematante, submeter-se-á este às penalidades da Lei, que prevê, responsabilidade criminal e execução judicial contra o mesmo, além da perda do valor da Comissão do Leiloeiro (art. 39 do Decreto n.º 21.981/32)., Excetuados os casos previstos em Lei, não serão aceitas desistências dos arrematantes ou alegações de desconhecimento das cláusulas deste Edital para se eximirem das obrigações geradas, inclusive aquelas de ordem criminal, na forma do art. 358 do Código Penal (“Impedir, perturbar ou fraudar arrematação judicial; afastar ou procurar afastar concorrente ou licitante, por meio de violência, grave ameaça, fraude ou oferecimento de vantagem: Pena – detenção, de 2 (dois) meses a 1 (um) ano, ou multa, além da pena correspondente à violência”). COMISSÃO DO LEILOEIRO: Em caso de arrematação, a comissão será de 5% sobre o valor da aquisição dos bens, a ser paga pelo arrematante. Havendo adjudicação, será de 2% sobre o valor do bem, a ser paga pelo adjudicante. Sobrevindo acordo, remição ou pagamento, será devida comissão de 2% sobre o valor da avaliação, do acordo ou do débito, o que for menor, a ser paga pelo executado. BENS: Todos os bens serão alienados no estado de conservação que se encontrarem, não cabendo à Justiça Estadual ou ao Leiloeiro quaisquer responsabilidades quanto a consertos e reparos, ou mesmo providências referentes à retirada, embalagens, impostos, encargos sociais. Sendo a arrematação judicial modo originário de aquisição de propriedade, não cabe alegação de evicção, sendo exclusiva atribuição dos licitantes/arrematantes verificarem o estado de conservação, situação de posse e especificações do(s) bem(ns) oferecido(s) na hasta pública. Qualquer dúvida e/ou divergência na identificação/ descrição do(s) bem(ns) deverá(ao) ser(em) dirimida(s) no ato da hasta pública

Histórico de Lances

                 
Nickname / PlacaOrigem IPData / HoraValor
Nenhum registro de lance.

* OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.